Carregando Post...

Cabos cruzados (crossover) vs. cabos diretos (straight-through)

Para cabos UTP, usamos dois esquemas diferentes para conectar os equipamentos dentro de uma LAN. Isso também depende de que tipo de equipamentos serão conectados nas extremidades do cabo.

Quando e qual cabo usar?

Em redes locais, usamos bastante cabos UTP para conectar computadores, switches, roteadores e outros dispositivos que suportam o padrão Ethernet. Usamos dois padrões para cabeamento UTP, chamados EIA/TIA T568A e T568B. O que difere entre eles é como os pares de cobre são organizados. Este padrão foi criado para facilitar a identificação do cabo e manter uma documentação consistente em um ambiente de rede. Para cabos straight-through, podemos usar nas duas pontas o T568A ou o T568B. Enquanto para os cabos crossover, usamos o padrão T568A em uma ponta e o padrão T568B em outra. Abaixo seguem os padrões T568A e T568B.

Os pinos são vistos no conector RJ-45 com a "orelha" virada para trás.





Usamos o cabo direto quando conectamos dispostivos diferentes nas pontas, como um computador, um roteador ou uma impressora em um switch ou hub. Isso só não é válido quando connectarmos computadores em roteadores (lembrem-se que um roteador é também um computador, mas projetado para a função de roteamento de pacotes!). Isso acontece pelo fato dos pinos 1 e 2 serem usados para transmitir (Tx) e os pinos 3 e 6, para receberem (Rx) os dados. Quando dispositivos diferentes são conectados, no caso de um computador em um switch, encontramos os pinos 1 e 2 (Tx) do computador diretamente conectados nos pinos 3 e 6 (Rx) do switch e vice-versa no outro sentido. Daí, não precisamos nos preocupar em usar cabos cruzados, pois temos comunicação direta entre Tx e Rx em ambas as pontas.

Usamos straight through quando for equipamentos diferentes...



Quando queremos conectar dispositivos iguais (switches, computadores, roteadores...), usamos o cabo crossover. Isso de deve ao fato dos pares Rx e Tx estarem na mesma posição nas portas de cada equipamento. Imagine você em uma ligação de telefone em que a pessoa do outro lado está falando onde era para escutar. Tanto em uma redes como na vida real, a comunicação não será das melhores ou simplesmente não irá funcionar de jeito nenhum! Com o cabo crossover, os pares 1 e 2 (Transmit - Tx, não esqueça disso!) em uma ponta são trocados com os pares 3 e 6 (Receive - Rx) respectivamente, criando assim o link entre os dois equipamentos. Agora, comparando na vida real, poderiamos entender o que a outra pessoa está falando no telefone e em redes, podemos ver que um link está ativo entre dois switches, roteadores e até em computadores!

... E quando os equipamentois conectados forem iguais entre si, usamos cabos crossover para interconectá-los:




Resumidamente, se for para fazer o cabo, seguindo os padrões T568A e T568B, ficaremos com o seguinte esquema de cores:



Comentários

Deixe um Comentário

Posts Recentes

20/Dezembro/2017

Seis maneiras fáceis de...

20/Dezembro/2017

Do design orientado por...

20/Dezembro/2017

Em um mundo de IA...

Categorias


Onde Proeminente Sistemas está? clique no mapaFechar Mapa

Entre em Contato com a Proeminente Sistemas

Escreva para Proeminente Sistemas para trocar algumas ideias!

Telefone

(24) 9972-6790

Email

proeminente@proeminente.com.br

Localização

Rio de Janeiro